sábado, 6 de agosto de 2016

QUANDO SE SENTE FALTA



Olho ao meu redor
Procuro intensamente
E nada vejo além da tua falta
Além deste vazio.

Passo as horas do meu dia
Olhando o horizonte
E vejo as brumas que suavemente se deslocam
E o vazio de não estares aqui vai doendo
Choro em silêncio… as lágrimas rolam em meu rosto
E são as madrugadas que vão preenchendo
Os meus dias tristes… em sentimento revolto
Que mais parecem um, mar num dia de tempestade.

Sentimento ferido coração perdido
A mágoa que mói coração que dói
Porque tu não estás mais aqui
Procuro entender a razão de te perder
Procuro respostas, mas todas me fogem
Só para dar lugar às dúvidas que aos poucos
Me secam a alma.
Sinto-me perdida, perdi o Norte, perdi
A sorte
E a minha vida hoje se faz apenas
De meras recordações.


Enviar um comentário

Publicação em destaque

CONTEMPLAÇÃO

CONTEMPLAÇÃO Saltei, brinquei, sorri e chorei Senti o vento por mim a passar. Vi os vaga-lumes no escuro a brilhar. Vi as ma...