segunda-feira, 18 de julho de 2016

CONVERSA ENTRE FLORE





Levantei-me bem cedinho
Porque ouvia murmurar
Eram as minhas flores
Que estavam a conversar.

Dizia o belo antúrio
Olha bem minha beleza
Logo responde a avenca
O que tu tens é esperteza.

Olhando bem para o alto
Respondeu-lhe o incenso
Como eu tenho utilidade
Sirvo para perfumar
E tenho menos vaidade.

Os catos tão pequeninos
Calem-se todos com isso

Olhem bem para os meus picos
Que mais pareço um ouriço.

Com um grito estridente
Responderam as  orquídeas
Nós enfeitamos a casa à dona
Lhes damos muita alegria
E dela somos amigas.

Com todo o nosso valor
Pois somos muito felizes
Sempre lhe damos flor
Recebemos o carinho
E todo o seu amor.


Eu não podia intervir
Porque estragava a conversa
Mas quando dali sai
Deixei a minha promessa

 Dedicar-me a todas elas
Com a mesma igualdade
Todas me fazem feliz

       E as amo de verdade.


Enviar um comentário

Publicação em destaque

CONTEMPLAÇÃO

CONTEMPLAÇÃO Saltei, brinquei, sorri e chorei Senti o vento por mim a passar. Vi os vaga-lumes no escuro a brilhar. Vi as ma...