quinta-feira, 28 de julho de 2016

Chegada e partida


Quando neste mundo entrei
Eu berrava noite e dia
Mas quando daqui partir
Quero cantar de alegria


Foram tantas aventuras
Que eu não me quero lembrar
Talvez que por tudo isto
Eu teria que passar



Fui feliz com a pobreza
E esta é bem a verdade
Andava rota e descalça
Mas vivia em liberdade


Eu cresci com as flores
Que crescem por esses montes
Comia frutos silvestres
Bebia a água nas fontes

Hoje só saudade resta
Desse tempo de criança
Mas quando daqui partir
                                           Quero deixa-lo de lembrança                                         
                                                             




                                        
                                                             

Sem comentários:

Publicação em destaque

CONTEMPLAÇÃO

CONTEMPLAÇÃO Saltei, brinquei, sorri e chorei Senti o vento por mim a passar. Vi os vaga-lumes no escuro a brilhar. Vi as ma...